• Post published:24 de fevereiro de 2021

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC), coronel Carlos Batista, foi entrevistado pela emissora de jornalismo CNN Brasil, onde contou as ações que a instituição e o Governo vem desenvolvendo em prol das pessoas atingidas pelas enchentes nos municípios do estado.

Durante a entrevista, o coronel contou que desde o início de fevereiro, com as inundações ocasionadas pela cheia dos igarapés de Rio Branco, o CBMAC está de prontidão para assistir à população. Os trabalhos perpassam desde a parte técnica, envolvendo montagem dos processos para a vinda dos recursos, até à operacionalidade, no que diz respeito à retirada de famílias dos locais de risco.

Como a situação se agravou ainda mais com a cheia dos rios no interior e na capital, as ações se intensificaram de forma proporcional à gravidade, requerendo a presença ainda mais forte dos bombeiros militares durante todo o processo. Na oportunidade, o comandante-geral informou também que “na desmobilização (ou seja, no processo de reorganização pós-enchente) o CBMAC também fará parte no retorno das famílias para suas casas”.

O CBMAC é uma instituição que tem evoluído em diversas áreas, principalmente de controle de tragédias e resgates. O empenho de nossos “bombeiros guerreiros” em cada momento e ocorrência traz vida para a corporação. A sociedade tem muita confiança no nosso trabalho, a história se encarregou de consolidar nossa imagem. O bombeiro militar é chamado para ajudar alguém em dificuldade, atuando em diversas situações, como em controle de inundações, resgate de vítimas de acidentes em lugares de difícil acesso, epidemias, catástrofes, incêndios e, também, na fiscalização de prédios e edifícios. Enfim, são múltiplas as nossas atribuições e responsabilidades. No entanto, nossa missão consiste em um único lema: “Vida alheia, riquezas salvar!”