• Post published:28 de junho de 2021

Dentre as inúmeras funções do Corpo de Bombeiros Militar está a investigação de incêndios urbanos e florestais, cujo objetivo é elucidar como o fogo teve início e os fatores de propagação. Diante disso, o governo do Estado investiu na capacitação de três bombeiros militares que concluíram na última sexta-feira, 25, o Curso de Perícia de Incêndio (CPI) realizado junto ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, em Brasília.

Novos Peritos de Incêndio: Tenentes Ricardo Moura, Francisca Fragoso e Eurico Leite. Foto: ASCOM/CBMAC.

O Curso visa garantir os padrões de qualidade e execução do serviço de investigação de incêndio, buscando a excelência no atendimento às legislações e demandas aplicáveis, além de retroalimentar o Sistema de Segurança Contra Incêndio e o ciclo operacional do Corpo de Bombeiros Militar.

A capacitação teve duração aproximadamente de quatro meses, com início no dia  1º de março do corrente ano, e contou com a participação de 25 alunos oriundos dos Corpos de Bombeiros Militares do Distrito Federal, Paraíba, Maranhão, Rio Grande do Norte, Acre e um militar da Força Aérea Brasileira.

A Perícia de Incêndio investiga as causas e fatores de propagação das chamas. Foto: ASCOM/CBMAC. 

Os três militares acreanos, os Tenentes Francisca Fragoso, Eurico Leite e Ricardo Moura, se especializaram em investigação de incêndio e explosão, e estão habilitados para o desempenho de atividades inerentes às missões de Perito em Incêndio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC).

A Segundo Tenente Bombeiro Militar Francisca Fragoso, terceira colocada na classificação geral do curso e primeira Oficial feminina Perito de Incêndio da corporação, destaca sua experiência na capacitação. “Participar do curso foi de grande relevância para nós como profissionais e principalmente para o CBMAC, pois a partir da habilitação e dos conhecimentos adquiridos contribuiremos para completar o Ciclo Operacional de Combate a Incêndio da nossa instituição, fortalecendo às atividades de prevenção e a atuação dos Militares do CBMAC, consequentemente poderemos ofertar um melhor atendimento à Sociedade Acreana” – declarou a oficial.

Tenente Francisca Fragoso conquistou o terceiro lugar no curso e é a primeira oficial Feminina Perito de Incêndio do CBMAC. Foto: ASCOM/CBMAC.

O Comandante-Geral do CBMAC, Coronel Carlos Batista destacou a importância da capacitação de militares na área de investigação de incêndios. “A Perícia de incêndio além de investigar as causas do evento, tem a finalidade de promover informações e recomendações de proteção contra incêndio, originando estudos de caso, a fim de evitar que situações similares aconteçam, fortalecendo ainda mais a atuação da nossa corporação” – pontuou o comandante.

Foto: CBMAC
Foto: CBMAC
Foto: CBMAC
Foto: CBMAC